Moda feminina e masculina: Como aumentar as vendas de seu e-commerce?

Você tem um e-commerce de moda feminina e masculina e não sabe como aumentar as suas vendas? Neste artigo você vai aprender muito sobre isso. Continue lendo.

Moda feminina e masculina

Ter um e-commerce de moda feminina e masculina significa ter grandes oportunidades. É um segmento que sempre está em alta e que pode deixar bons lucros já que as oportunidades são muitas.

Em um empreendimento desse ramo é possível vender muitos artigos relacionados aos dois públicos. Com isso, as chances de lucro dobram. Por isso, é tão importante encontrar estratégias de marketing que realmente funcione para seu negócio.  

Loja masculina online

Uma tendência que cresce a cada dia que passa são as lojas masculinas online. Todos os dias milhares de pessoas investem nessa área, devido a alta procura por produtos masculinos na internet. É uma ótima opção para quem deseja entrar no mundo das lojas de roupas masculinas.

Como aumentar as vendas de seu e-commerce?

Para aumentar as vendas do seu e-commerce é necessário seguir alguns passos essenciais. Antes de qualquer coisa, você também pode aproveitar sua loja online para vender moda feminina, masculina e infantil.

Dessa forma, você aumenta ainda mais as margens de lucro de sua loja virtual. Agora veja algumas sugestões para que você consiga ter sucesso com seu negócio online.

Invista na vitrine de sua loja

A vitrine de uma loja é muito importante para chamar a atenção do público. Quando falamos sobre e-commerce também precisamos investir na vitrine virtual.

A vitrine online vai ser uma das principais ferramentas para atrair o seu cliente. Sendo assim, invista na vitrine de seu e-commerce de moda feminina e masculina. Mas lembre-se, você precisa disponibilizar na vitrine de sua loja online o que as pessoas procuram. Mas como ter esse conhecimento?

Determine quem é seu público

Esse próximo ponto explica como você pode descobrir o que as pessoas procuram. Antes de qualquer coisa, você só precisa conhecer seu público alvo e determinar quem são eles.

Por exemplo, estamos falando sobre moda feminina e masculina, mas para que faixa etária você pretende vender? Para que classe econômica? É para um público específico, com os mais conservadores ou é moda praia?

Ter essas respostas vai ajudar você a traçar as estratégias certas para aumentar suas vendas e ter sucesso no seu e-commerce de moda feminina e masculina.  

Utilize bastante as redes sociais

As redes sociais são hoje excelentes ferramentas para ajudar no crescimento de um negócio, não apenas do de moda feminina e masculina, por isso é tão necessário que as grandes e pequenas empresas estejam presentes nelas, mas de forma intensa.

Além de contribuir para o marketing e propaganda, as redes sociais ajudam a construir a sua marca.

Aposte em conteúdos relevantes

Os conteúdos sobre moda masculina e feminina de roupas vão ajudar o seu negócio a fazer sucesso. Entre os conteúdos você pode disponibilizar textos explicativos, tirar dúvidas por meio de vídeos curtos e imagens.

Poste fotos de qualidade

As fotos precisam ser caprichadas, pois só assim é que seu público vai se sentir atraído para seu e-commerce de moda feminina e masculina. Se possível, contar com a ajuda de um fotógrafo profissional.

Veja 4 dicas para escolher o melhor SUV

Nos dias atuais, as fabricantes têm se esforçado cada vez mais para fazerem SUVs mais preparadas e equipadas para o dia a dia urbano. 

Não à toa, tem dado especial atenção ao consumo de combustível para esses carros. E graças aos esforços em empregar tecnologias inovadoras, as fabricantes têm aumentado suas vendas cada vez mais para esse modelo. Hoje falaremos de 4 dicas importantes para escolher o melhor SUV. Veja o por que!

O que é um SUV

Bastante conhecido no mundo todo, a sigla SUV vem do inglês Sport Utility Vehicle, que traduzindo significa Veículo Utilitário Esportivo. Esse tipo de carro costuma ter bastante espaço interno e uma carcaça bastante avantajada. 

Os SUV tiveram inspiração nos veículos da segunda guerra mundial e tiveram grande sucesso nos anos 90 e 2000, como os da Jeep. Em resumo, esse carro surgiu justamente para unir a força de um veículo rural e o design voltado para o urbano.

Tamanho do Carro desejado

O tamanho de um carro é uma das coisas mais observadas na hora que se decide comprar um novo ou mesmo usado. 

Quando se tem uma família grande, obviamente o melhor é escolher uma SUV que ofereça espaço interno suficiente para dar conforto a sua família. E por mais que as SUV sejam conhecidas por seu amplo espaço interno, existem diversos modelos no mercado que podem oferecer maior conforto nesse quesito. 

Essa característica de escolha pode contrapor outros requisitos, então se você não tiver esse requisito para escolher uma SUV, talvez o melhor seja olhar carros menores.

Analise a Potência do SUV

É importante analisar esse fator na escolha de um SUV, mesmo sabendo que esse carro ficou historicamente conhecido por sua força. O grande detalhe é que hoje no mercado você consegue encontrar diversos modelos de SUV e analisar a potência dele se torna algo essencial para uma boa escolha. 

A grande dica aqui: para descobrir a potência de um SUV você precisa dividir o peso do carro pelo valor da potência do motor. Quanto menor for o resultado, menos potente a SUV será.

Mas nem tudo dá pra fazer só com cálculos. Na maioria das vezes você precisará sentir a real potência de estar sentado e dirigindo o carro para tomar uma decisão. Então faça um test drive para sentir a potência nas suas mãos daquele carro. 

Outra dica também é saber que quanto maior o diâmetro da roda da SUV, maior será o poder de absorver o atrito das falhas das pistas.

Qual o custo-benefício do SUV?

Esse é um fator que é impossível de ignorar para todos os consumidores. Muitas pessoas têm a clareza de que o custo-benefício de algo está ligado muitas vezes na equivalência do quanto o seu bolso aguenta, do quanto você pode pagar por aquilo. Não é diferente aqui.

Mas também existe o fato de que se não olhar outros fatores, poderá fazer uma escolha que pode se arrepender no futuro. Então é importante analisar a marca da fabricante, o quanto essa SUV consome de combustível, gastos previstos em manutenção e também no seguro do carro, dentre outros.

Descubra como aumentar as margens de lucro de sua serralheria online!

Todo mundo quer aumentar os lucros de seu negócio, principalmente quando esse negócio se trata de uma empresa. Numa serralheria, onde as margens de lucros são, muitas vezes, pequenas, isso se torna um diferencial positivo ou negativo no final do mês.

Por esse motivo resolvemos falar hoje e te ajudar a descobrir como aumentar as margens de lucro de sua serralheria online de forma escalonada e sólida. Dicas práticas que podem fazer a diferença no seu negócio!

Negocie com Fornecedor

Uma das maneiras de aumentar as margens de lucro de sua serralheria online é por negociar os preços com seu fornecedor.

A arte de negociar é muito válida para todas as áreas da vida. Mas atente-se ao preço versus qualidade da matéria prima dos produtos. Pois, para que você não tenha reembolsos, ou seja, devoluções, você precisa vender algo de qualidade.

Não arrisque a qualidade do seu produto por um preço mais baixo de uma qualidade inferior. Veja agora como aumentar as vendas aproveitando a divulgação online!

Aumentando suas margens de vendas com anúncios

Aumentar as margens de lucro aumentando a quantidade de vendas é um dos pilares para a escala do seu negócio.

Por exemplo, se sua serralheria online não receber muitas encomendas mensais, tente pôr em prática alguma estratégia que divulgue seus serviços. Pode ser que fazer uma divulgação em grupos no Facebook aumente sua quantidade de orçamentos em uma boa porcentagem.

Uma saída de forma mais profissional é fazer anúncios online. Por exemplo, muitas serralherias online sobrevivem hoje (e muito bem por sinal) apenas de serviços contratados que chegaram até ela por intermédio de anúncios pagos na internet.

Esses anúncios podem ser do Google (aqueles que aparecem na página de pesquisa, logo nos primeiros resultados da busca) ou anúncios no Facebook (que possui uma gama de segmentação de públicos, facilitando na hora de escolher para quem você quer que seu anúncio apareça).

Lucrando mais com a Porta de Alumínio Preta

A porta de alumínio preta é um dos produtos que mais saem numa serralheria online. Se você aliar a estratégia de comprar mais barato de algum fornecedor sério e que vise o relacionamento de longo prazo, poderá ter um lucro ainda maior do que o planejado nessa peça.

Por ter o fluxo de vendas alto devido a sua alta demanda de buscas, a porta de alumínio preta possui diversos estilos e é ideal para ser aquele produto na sua serralheria online que vai fazer a diferença na planilha de lucros do fim do mês. 

Conheça os seus concorrentes

Para ter um diferencial e aumentar as margens de lucros por consequência, é inevitável procurar conhecer seus concorrentes. Seu diferencial está atrelado diretamente ao que você conhece dos seus concorrentes. Por isso pesquise preços aplicados por eles, quais os públicos que mais têm acesso àquelas lojas.

Já sobre concorrência de preços, como já falamos anteriormente, preço baixo não é sinal de boas vendas. O consumidor desconfia facilmente de preços baixos. Tente equilibrar a balança entre bons produtos oferecidos na sua serralheria e bons preços competitivos praticados. 

Você sabe o que é sextech? Veja como a tecnologia pode ajudar nesse mercado

A tecnologia está em constante avanço, trazendo muitos benefícios para a sociedade moderna. O que poucas pessoas imaginam é que ela também pode ajudar no que diz respeito ao prazer sexual.

Para se ter uma ideia, alguns projetos bem avançados, já dizem ser possível uma pessoa fazer sexo com um robô. A tecnologia está possibilitando avanços que antes eram inimagináveis. Sobre isso, vamos ver agora o que para muita gente é algo novo, o sextech.     

O que é sextech?

Para quem não sabe, sextech é a união de empresas e startups que elaboram e trazem o novo para a indústria da sexualidade. As prioridades são a inclusão social, a facilidade no acesso e a satisfação sexual através de itens e serviços tecnológicos. E dentro desse contexto, estamos falando de possibilidades que vão muito além de robôs sexuais.  

Para a grande maioria das pessoas hoje, ainda é algo estranho. Mas quando falamos de sextech, na verdade estamos falando sobre o bem estar na vida sexual e isso inclui aplicativos, acessórios, sex toy e muito outros.  

Sextech nacional

Alguns sextech têm pouco tempo de atuação no mercado nacional, mesmo assim, o suficiente para fazer muito sucesso.

Algumas marcas nacionais estão investindo no que é mais inovador. Por exemplo, algumas oferecem produtos naturais e saudáveis elaborados para os cuidados das regiões íntimas femininas.  Outras oferecem mini vibradores que oferecem cinco velocidades de vibração, além de ser recarregável e à prova de água.

Por causa das funções e do prazer que os produtos proporcionam, esse mercado já é uma grande aposta para o futuro.  

Quem está no comando das sextech?

Outra coisa que você deve saber sobre sextech é que as mulheres são quem comandam. É um mercado praticamente todo gerenciado por mulheres.

Esse acontecimento está muito ligada a dificuldade que as mulheres têm quando se trata de produtos eróticos. Ainda hoje é muito dificil para algumas irem ao sex shop e comprar, por exemplo, um plug anal ou uma simples fantasia.

Felizmente, algumas mulheres estão empenhadas em ações que focam no nosso prazer. Além do mais, é muito importante ver as mulheres ganhando espaço e respeito em um segmento que até aqui era comandado apenas por homens.

Por que comprar os produtos de uma sextech?

Toda mulher que valoriza o prazer sexual que sente, deveria pensar em comprar produtos de uma sextech.

É preciso deixar no passado alguns conceitos sobre conteúdos eróticos. As mulheres precisam se libertar do medo do que os outros vão pensar.

É preciso focar no seu bem estar físico, emocional e sexual. Nós mulheres precisamos entender de uma vez por todas, que sentir prazer sexual só depende de nós mesmo e não apenas do nosso parceiro.    

Qual o motivo do crescimento desse mercado?

Como foi dito antes, falar sobre prazer sexual era um tabu. Mas com o passar dos anos as pessoas inovaram o modo como se relaciona, e por isso, o sextech é um mercado em crescimento.

Os  investidores estão observando o que mais atrai as pessoas, a exemplo disso, são os app de relacionamento, que deram início a toda essa indústria.

Novo produto tendência para o e-commerce – Verisol


Investir na venda de colágeno é uma excelente forma de obter altos lucros. Produtos como Verisol antes e depois são cada vez mais valorizados pelos consumidores, sobretudo devido aos efeitos que ele promove no fortalecimento das unhas, na melhora da pele e na prevenção dos sinais da idade.

Ao aproveitar essa procura por suplementos que conseguem reverter os terríveis sinais da idade e ainda melhorar a saúde, você pode alavancar o faturamento do seu negócio. Para tanto, é preciso não só conhecer a fundo o produto que está vendendo, como também seguir algumas dicas simples de vendas. Confira abaixo quais são elas:

VERISOL ANTES E DEPOIS

A melhor forma de lucrar vendendo um produto é conhecê-lo bem para definir a quem você deve oferecê-lo.

No caso do Verisol antes e depois, ele tem uma poderosa fórmula desenvolvida com o objetivo de ajudar na prevenção e no tratamento dos sinais de envelhecimento e fraqueza da pele.

Ele é composto por pequenos fragmentos do colágeno tipo 1, que são absorvidos na corrente sanguínea e melhor aproveitados pelo corpo para a construção de fibras de colágeno na pele.

COMO LUCRAR VENDENDO VERISOL

Após conhecer o que é o Verisol e a sua importância para a pele, chegou o momento de descobrir algumas dicas simples de como alavancar a venda desse tipo de produto. Confira abaixo quais são elas e aumente seus lucros:

INVISTA EM UM PRODUTO DE QUALIDADE

O segredo para lucrar na venda de suplementos é investir em produtos de qualidade. A lógica é simples, quando o cliente experimenta o produto e percebe os resultados, ele fica satisfeito e motivado a continuar com o tratamento.

Em longo prazo, você consegue ter uma cartela de clientes fidelizados e que fazem compras com frequência. Por isso, é tão importante investir em produtos de qualidade como o Verisol antes e depois.

Esse suplemento conta com uma fórmula exclusiva rica em aminoácidos livres, peptídeos bioativos e outros micronutrientes que atuam na produção de colágeno tipo 1 no organismo.

Em pouco tempo de tratamento, é possível observar resultados surpreendentes não apenas na redução das linhas de expressão, como também no fortalecimento das unhas, cabelos e diminuição das celulites.

FAÇA DIVULGAÇÃO DO PRODUTO

Independente do porte do seu negócio, fazer a divulgação do produto se torna fundamental para garantir as vendas e os lucros. Para tanto, você pode usar as redes sociais e páginas online, por exemplo.

Por meio desses recursos, você consegue atingir um número maior de pessoas e alavancar as vendas com um custo mais baixo. Uma dica bacana é focar nos benefícios que o Verisol pode oferecer, tais como:

  • pele mais firme;
  • redução das rugas;
  • unhas mais fortes;
  • combate a celulite;
  • cabelo mais hidratado.

Ao seguir essas dicas, você poderá lucrar vendendo Verisol de uma forma simples e prática. Como pode ser observado, o produto é ideal para as mulheres que desejam acabar com qualquer tipo de sinal de envelhecimento e melhorar a aparência da pele.

Por se tratar de um produto inovador e de ter uma fórmula exclusiva, o Verisol pode fazer com que elas atinjam esse objetivo e que você conquiste mais clientes para o seu e commerce.

Veja como a tecnologia evoluiu no mundo das crianças

A cada ano que passa mais crianças estão tendo acesso à tecnologia, muitas estão utilizando de um modo correto, o que é um grande desafio para os pais. Essas crianças parecem ter nascidas com a capacidade de manejar a comunicação virtual e com muitas outras ferramentas que a tecnologia nos proporciona no nosso cotidiano.

A tecnologia vem evoluindo no mundo das crianças, e os pais não devem proibir esse acesso aos dispositivos tecnológicos, pois ela é uma ferramenta poderosa, que pode trazer vários benefícios para que a criança se desenvolva, claro que se utilizada de modo correto.
Assim, você como pais deve orientar seu filho para descartar pontos negativos e aproveitar o melhor que a tecnologia pode dar. Os benefícios da evolução da tecnologia no mundo das crianças podem ser percebidos principalmente com respeito ao aprendizado. Mas é lógico que isso tem um limite de idade.

Quando a criança é bem pequena, o ideal é que toda a concentração dela seja na mamadeira avent petala. Porém, depois dos quatro anos de idade você já pode ensinar seu filho a usar bem a tecnologia. Quer ver outros benefícios que a tecnologia pode trazer para as crianças? Confira agora!
No modo de aprender

No passado, as crianças estudavam com o apoio de muitos livros e as pesquisas precisam ser feitas em bibliotecas, e o tempo que precisava para encontrar o assunto desejado era muito grande. A tecnologia evoluiu o mundo das crianças principalmente nisso.

Hoje em dia, a criança só precisa ter acesso a um smartphone com internet para realizar suas pesquisas, de forma muito rápida. Além disso, muitas ferramentas têm ajudado no aprendizado como jogos e vídeos, já que são meios pelos quais as crianças se interessam e assim fica mais fácil o aprendizado.

Desse modo, quando se é utilizado a tecnologia para ensinar, os resultados são sempre positivos, embora algumas instituições ainda se neguem a adotar essa nova forma de ensinar.
Nos jogos e brinquedos

A tecnologia também evoluiu nesse sentido e muito! Antigamente as brincadeiras eram sempre ao ar livre e quase nenhuma criança ficava muito tempo em frente a uma televisão, apenas quando era a hora de assistir desenhos animados.

Quanto aos jogos, a maioria era jogos que estimulavam o raciocínio lógico e contribuía para o aprendizado em algumas matérias.

Hoje, não apenas os vídeos games mas os jogos eletrônicos e as redes sociais invadiram a vida das crianças, deixando-os mais conectadas. Devido a esse acesso descontrolado, muitos tem tido problemas de aprendizagem nos estudos. Por isso é muito importante que os pais controlem a forma como as crianças utilizam essa tecnologia.

Na forma como se comunica

A tecnologia também evoluiu no universo das crianças, na forma como se comunicam. Antigamente se fazia necessário a conversa pelo telefone ou pessoalmente. Depois chegaram os emails e agora, as mídias sociais.

Se todo esse acesso à tecnologia for bem controlado, ela pode ser muito útil para os pais, uma vez que fica mais fácil e mais econômico conversar com os filhos via internet mesmo quando se estar distante. A tecnologia serve nesse caso, até como um meio de segurança para a família.

Hoje com o acesso fácil a alguns aplicativos de voz, as conversas podem ser realizadas com diferentes pessoas ao mesmo tempo. E isso quando direcionado para algo positivo é muito proveitoso.

Como editar suas músicas com qualidade

Grave sua música pelo programa certo

A primeira dica é fazer a gravação do modo correto. Antes de falarmos da edição, precisamos, primeiro, preparar o terreno para uma edição de valor.

Existe, hoje, diversos programas que trabalham na captura de áudio através de microfone externo ou interno de notebook. O programa mais uma qualidade da música que você apresenta, pode ser um divisor de águas entre ser esquecido e ser lembrado, e essa qualidade está diretamente ligada a como você edita o áudio até chegar ao produto final.

Os profissionais da área musical valorizam uma boa edição e mixagem, dando uma “cara” própria para a música, tornando-a uma extensão de si mesmo.Antes de começar a gravação, opte por fazer em um local fechado, com pouco ruído e sem barulho externo. Quanto mais limpar for a gravação, melhor.

Diferentes faixas de áudio

Ainda para facilitar sua vida na hora da edição, grave sua voz separado do áudio, de forma que possa fazer uma mixagem com mais liberdade.

Usando a faixa de áudio para os instrumentos e outra para sua voz, você poderá fazer uma edição somente na sua voz, como aumentar o volume, abaixar ou volume ou criar efeitos; e outra para os instrumentos.

Faça o tratamento de cada faixa

Abra o programa de edição com um dos áudios, depois, vá até o menu e escolha adicionar mais uma faixa estéril. Ao fazer isso, você terá agora duas faixas para trabalhar.Mas antes de pensar nos efeitos e mixagem, primeiro precisa tratar o áudio, que nada mais é do que retirar os ruídos de fundo, pausas desnecessárias, erros de dicção, etc.

Selecione um trecho do áudio, de preferência alguns segundos no começo, vá em Efeitos e procure a opção Remover Ruído. Tire uma amostra, selecione toda a faixa e refaça o caminho. Ouça o áudio para ver se foi o suficiente e refaça quantas vezes for necessário, mas cuidado para que o áudio não fique estourado ou com aspecto estranho.

Ao terminar de retirar os ruídos, volte em Efeitos e clique em Normalizar, para que ele arrume o volume.

Outro efeito que pode melhorar seu áudio é o de Equalização, que também fica nas opções dos filtros. E se achar que alguma entonação não ficou como deveria, volte em efeitos e escolha Graves e Agudos, mexendo nos níveis e testando aos poucos.

Mixagem do áudio e finalização

Uma vez que você tenha tratado ambas as faixas, salve uma cópia de segurança e teste os diferentes tipos de efeitos que estão disponíveis no software.

Após aplicar os efeitos, que sempre feitos em cima das faixas selecionadas, vá em Arquivo, exportar. Escolha o formato que se adequar ao que foi exigido por seu cliente ou pela plataforma onde irá hospedar.

Uma edição de audio de qualidade causará efeitos positivos em que a escuta. O cuidado com o tratamento das faixas, incluindo seus efeitos, pode tornar sua mais imersiva e única. Por isso, sempre procure estudar mais para obter melhores resultados.

Veja os diferentes tipos de armas usadas em jogos esportivos

Com o cotidiano agitado, muitas pessoas procuram a cada dia que passa praticar algum esporte que ajude a relaxar e a eliminar a tensão do dia a dia. Alguns escolhem esporte como futebol, natação e corrida.

No entanto, outro esporte que vem ganhando mais adeptos a cada ano que passa é o tiro esportivo. Nesse esporte você utiliza armas, que em alguns casos podem ser verdadeiras ou réplicas. Porém, em jogos esportivos que se utilizam armas, essas devem ser sempre réplicas.

Praticantes desse tipo de esporte relatam que tal atividade aumenta a concentração, equilíbrio, a postura e ainda reduz a tensão. Mas se você quer praticar essa atividade e não sabe qual arma usar, confira algumas dicas.

Pistola

A pistola é uma arma de cano curto, considerada como arma de mão e tem uma enorme variedade de modelo.

A pistola pode ser usada em jogos esportivos como o tiro ao alvo. Nessa modalidade se usa pistola livre pistola de ar. Nesse esporte os jogadores tentam acertar o alvo que estar separado em círculos hemocêntrico e cada círculo vale uma pontuação. Aquele que fizer mais pontos ganha o jogo.

A pistola pode ser usada também em ambientes abertos e fechados, no jogo de tiro em latas.

Carabina

Outra arma usada em jogos esportivos é a carabina. Essa arma possui um cano mais curto que o rifle airsoft, com diversos calibres.

No passado, a carabina era uma arma usada pelas tropas de cavalaria, como também de pessoas que tinham o hábito de caçar a pé. Hoje em dia, ela continua sendo uma arma muito utilizada por caçadores e também em tiro esportivo.

No tiro esportivo, o jogador pode usar as duas mãos para acertar o alvo que fica em volta de círculos. Nesse jogo, o atirador pode ficar em três posições: deitado, sentado em pé.

Rifle

O rifle também é usado em jogos esportivos. Um jogo muito conhecido é o jogo de airsoft, que simula combates de guerra. É um jogo muito dinâmico e as armas que podem ser usadas é um rifle airsoft.

O rifle mais usado nesse jogo é o modelo Automatic Eletronic Gun (AEG), que pode ser semiautomática ou automática. Mas também você pode-se usar um rifle de ar comprimido.

O rifle é conhecido aqui no Brasil como fuzil e fazem parte da categoria de arma longa que, de modo geral, usa o ombro como apoio para empunhar. Desde 1976, essa arma é usada nos jogos paraolímpicos por homens e mulheres com algum tipo de deficiência.   

Espingarda

A espingarda é uma arma muito utilizada no esporte tiro ao prato, onde o jogador deve mirar e acertar o prato quebrando-lhe uma parte considerável. Todo prato que for acertado, o jogador ganha um ponto.

A espingarda também é uma arma de cano longo muito conhecida como ‘calibre doze’. Além de ser usada em tiro esportivo, a espingarda pode ser usada também em caça esportiva.

Revolver

O revólver é a arma mais usada em jogos esportivos como, por exemplo, o paintball. Esse jogo também simula um cenário de guerra, e os revólveres contém bolinhas com tintas que ao ser atiradas, a tinta se espalha de modo muito rápido pela vestimenta do adversário, apontando que ele precisa sair do jogo.

Como se tornar um Programador Back-end

A carreira de Desenvolvedor Web Back-end está em alta e com tendências de crescimento continuado por muitos anos.

A razão é simples: mais a mais empresas e pessoas estão no mundo digital, que exige investimentos mais complexos e eficientes para se traduzirem em resultados intuitivos e mais simples para os usuários.

As pessoas querem sites, blogs e redes sociais cada vez mais interativas com seus próprios scripts de uso – e são muito exigentes a respeito disso: um blog tem poucos segundos para fazer um usuário ficar nele, navegar e consumir seu conteúdo.

Nesse contexto, existe muito mercado para atuar e conquistar. Porém, é preciso conhecer os passos de como se tornar um programador Back-end e estar preparado para atuar com qualidade e ser bem sucedido.

O que é um Desenvolvedor Back-end?

São os desenvolvedores que trabalham com a programação no lado do servidor, ao contrário do desenvolvedor front-end que trabalha na programação do que vai interagir com os usuários.

O programador back-end precisa trabalha com muita eficiência na performance internas das aplicações web, e constantemente e em sintonia com os desenvolvedores front-end para que estes desenvolvam a partir as lógicas que funcionam nos servidores.

O desenvolvedor back-end não cuida apenas da funcionalidade e do desempenho das aplicações web, mas também da velocidade.

O desenvolvedor back-end deve ter um grande conhecimento de banco de dados

Esse conhecimento é fundamental no universo de trabalho de um desenvolvedor back-end, pois as aplicações web exigem o armazenamento de uma grande quantidade e variedade de informações – por exemplo, publicações e comentários em uma rede social.

Um desenvolvedor back-end deve conhecer os diversos tipos de servidor e as linguagens, principalmente dominar a programação PHP, que é extremamente importante nesta atividade.

01 – Escolha uma linguagem e um framework

Essa é uma regra de ouro de quem investe em um negócio ou carreira: procure dominar um nicho no melhor tempo possível.

Dominar todas as linguagens e frameworks ao mesmo tempo não é eficiente para ter tempo de atendimento em nenhuma delas, e vai demandar mais tempo que pode ser investido em uma escolha focada.

O ideal é escolher uma linguagem (entre PHP, Ruby etc) e um framework.

02 – Adquira conhecimento em Estrutura de Dados e Algoritmo

Sim, é um assunto longo e grande, mas fundamental.

Avalie suas habilidades com estrutura de dados e algoritmos. Não precisa ser um especialista, mas é importante dominar grandes porções de informações a respeito desses itens. Isto será fundamental e estratégico.

03 – Desenvolve/participe de pequenos projetos

Em tecnologia é mandatório pensar: aprende-se fazendo.

Não é produtivo estudar demais e esperar por aquele projeto desafiador, que muitas vezes é sobre o tamanho ou relevância. Todos são desafiadores, principalmente os mais simples para quem está começando. Projetos ideais para começar são:

04 – Construa algo

O que desenvolvemos de nossas próprias ideias tem um grande e especial valor.

Você pode trabalhar sobre um produto ou ideia que você já tem ou clonar algum ótimo projeto de startup disponível no mercado. Certamente será um belo exercício.

 

Veja o que você não deve fazer em seus sites ou bloggers

A cada dia que passa mais pessoas estão trabalhando com sites e bloggers, usando esses meios como fontes de renda. No entanto, muitos terminam cometendo erros que prejudicam a imagem, divulgação e visualização do seu projeto.

Por esta razão, preparamos esse artigo para te mostrar o que você não deve fazer em seus sites ou bloggers.

Copiar conteúdo

Esse é um erro muito comum de ver em alguns sites e bloggers. Quando você publica um conteúdo que é copiado, você prejudica o seu site ou blog. Isso acontece porque este conteúdo vai ser visto como conteúdo duplicado pelos mecanismos de busca, e como consequência, você vai receber poucas visitas.

Além disso, o Google que é o mecanismo de busca mais usado pela maioria dos usuários, dá uma penalização para quem tem o hábito de copiar os conteúdos de outros. Além de ser errado, isso é crime descrito no código penal.

Caso você ache interessante um conteúdo de outra pessoa, peça autorização para publicar e dê o crédito, citando a fonte.  

Escrever errado

Outro erro que você precisa evitar é escrever com abreviações. Escreva de modo correto, e procure sempre ter a certeza disso, usando um corretor ortográfico. Dessa forma, você terá a certeza que possíveis erros ortográficos serão corrigidos. E jamais escreva palavrões.

Fazer spam

Jamais cometa esse erro, de ficar mandando emails pedindo visitações ou algo do tipo. Quando você manda um email para uma pessoa que não pediu para receber, isso é spam.

Isso não vai ajudar na divulgação e nem na imagem do seu blog ou site, que para receber visitação você pode recorrer a otimização de sites contratando uma equipe de profissionais. Deixar de contratar uma equipe de SEO para fazer otimização de sites é um erro rotineiro.

Fazer hotlink

Evite a prática de hotlink, que é quando uma pessoa linka uma figura hospedada em outro site, de forma que essa figura seja vista em seu próprio site ou blog. Além dessa prática ser errada, ela oferece um grande risco, pois o proprietário da imagem pode trocá-la por outra, quem sabe até uma figura que envolva pornografia.  

Exagerar nas fontes

Esse é um erro que você nunca deve fazer no seu site ou blog, usar mais que 2 fontes em uma única página. Você deve manter um padrão para todas as páginas do seu blog. Lembre-se sempre que o texto forma a identidade visual do seu negócio.

Publicar conteúdo em PDF

Evite publicar conteúdo em PDF, não proporcione uma experiência chata ao seu usuário, pois tal experiência vai ser decisiva para ele voltar ou não ao seu site.

Procure separar seu conteúdo em páginas HTML. Caso não seja possível, tenha o cuidado de informar ao internauta que o link indica para uma página em outro modelo.

Animações

As animações podem ajudar ou prejudicar o seu site. As animações deixam o site com uma navegação mais lenta, e isso afasta os internautas. Além do mais, o desenvolvimento é bem trabalhoso. Por isso, se você decidir colocar alguma animação, escolha uma pequena e que de fato agregue valor ao seu site.

Falta de segurança

Não caia nesse erro! Ficar esperando que um hacker não atinja seu site ou blog é um erro. Há milhares de indivíduos na internet só aguardando você facilitar, para fazer uma invasão e roubar todos os seus dados e dinheiro. Proteja seu site ou blog, garantindo que não vai haver prejuízos futuros.